quarta-feira, 22 de abril de 2009

PIB do Brasil terá maior retração desde 1990, prevê FMI



O Fundo Monetário Internacional revisou algumas de suas projeções e passou a estimar que o Produto Interno Bruto (PIB) do Brasil tenha uma retração de 1,3% neste ano, o que seria o pior resultado dos últimos 19 anos.

Em 1990, a economia brasileira encolheu 4,35%. Para 2010, a expectativa é de recuperação, com crescimento de 2,2%.


A projeção anterior do FMI, feita há três meses, apontava uma expansão da economia brasileira de 1,8%.

A instituição revisou também a estimativa para a América Latina, de alta de 1,1% para queda de 1,5%.

Para a economia argentina, a previsão é de retração de 1,5% neste ano e expansão de 0,7% em 2010.

"O principal perigo é que uma desalavancagem financeira prolongada em economias avançadas resultará em uma parada prolongada do fluxo de capital, o que iria exigir um ajuste doméstico ainda mais acentuado", alertou o FMI em sua última avaliação da economia mundial.

Países como Brasil, Argentina, Chile, México e Venezuela, que estão entre os maiores exportadores mundiais de matérias-primas, têm sido particularmente afetados pela queda dos preços desses produtos no mercado internacional, disse o FMI.

A instituição acrescentou que esses países sofrem as consequências da crise econômica global.

(Com informações da Reuters)
O PIB DO BRASIL
Variação anual (em %)
1990-4,3
19911,0
1992-0,5
19934,9
19945,9
19954,2
19962,2
19973,4
19980,0
19990,3
20004,3
20011,3
20022,7
20031,1
20045,7
20053,2
20064,0
20075,7
20085,1
2009 (projeção)-1,3
Fontes: IBGE e FMI


UOL

Nenhum comentário: