terça-feira, 28 de abril de 2009

Qual será o verdadeiro Câncer do Brasil?


Já se costuma dizer hoje em dia que a única doença incurável é a longevidade.

Dilma revelou a Lula e ao público que tinha um linfoma, devidamente extirpado e que iria fazer quimioterapia.


Alguns médicos que encontrei por acaso no fim de semana me garantiram que a doença, quando o mal é eliminado na primeira fase, tem enormes chances de cura. Quando eu era criança,nem se dava nome ao câncer, chamava “aquela doença”, tal o horror que produzia nos interlocutores. (Eu sou médico e confirmo a afirmação)


Do ponto de vista político, sobretudo numa conjuntura com poucos candidatos capazes de se alçarem aos patamares de prestigio do presidente e à visibilidade política do candidato de oposição, essa noticia, em cima do único candidato posto da situação, pois Ciro Gomes é o anticandidato de um estado emocional, produziu grande perplexidade.

Mas a verdade ainda é mais ampla do que a frase lapidar de Otto Lara Resende: “O mineiro só é solidário no câncer”. Pois todos os brasileiros são solidários no câncer. A revelação pública, feita em entrevista coletiva, pela candidata, por sugestão do Franklin Martins, causou um forte efeito. Coragem, serenidade e capacidade de conviver com a adversidade. Isso não reduz as conseqüências imediatas do fato, entre as quais a necessidade de se mudar o perfil do candidato a vice presidente. A remontagem da agenda, durante a “químio” também será necessária. Serra tinha pela frente uma candidata política de escolha pessoal do presidente. Agora tem uma candidatura com grande apelo emocional: uma mulher lutando contra o câncer.

Creio que isso muda o patamar de racionalidade das eleições. Dilma precisa balizar a luta contra a doença e Serra deve revelar um tom mais humano em seu comportamento.



Enviado por: Jorge da Cunha Lima

Garcia diz estar confiante na recuperação de Dilma

"O assessor especial da Presidência da República, Marco Aurélio Garcia, disse hoje que está confiante na recuperação da ministra-chefe da Casa Civil, Dilma Rousseff, e deu a entender que, se depender dele, a ministra será o nome do PT para 2010. "Não tenho a menor dúvida da recuperação dela. Mas, se vai ser o nome (do PT para as eleições de 2010), isso passa ainda pela convenção do partido. Mas ela terá o meu voto entusiástico. Sou 'dilmista' de primeira hora e acho que ela vai sair muito bem", afirmou.

Marco Aurélio Garcia contou que conversou com seu filho, que é médico, e ouviu a seguinte observação: "Do ponto de vista médico, ela tira isso aí de letra. Do ponto de vista político, ele disse que isso vai reforçar a candidatura dela"..."

Um único comentário meu:

► Reinaldo Azevedo já disse que quem falasse no câncer da terrorista com ares de política viraria inimigo da coluna dele... como eu não preciso ser inimigo, muito menos amigo dele, vou direto no "ponto g"... o terrorista MAG foi enfático e jogou as cartas na mesa... enquanto Reinaldo Azevedo está preocupado em ser politicamente correto com a terrorista, o terrorista MAG está agradecido a Reinaldo e a tantos outros que a olharem desde já como um símbolo de fortaleza e ética, até mesmo porque ela continua viajando horrores e inaugurando o nada ao coisa alguma de uma maneira metástica... é o que nossa imprensa vagabunda está fazendo e os dividendos em breve serão colhidos, pois mesmo que ela não seja portadora de câncer, dificilmente a mídia deixará tão cedo de tocar neste assunto, até porque o terrorista Franklin Martins finalmente achou o veio de ouro... quer dizer, a veia do linfoma...





Comento: Ambos blogueiros, Jorge da Cunha Lima e Carl Clausewitz tem razão.
A idéia de tentar apagar a imagem de ex-guerrilheira, para a "Guerreira" que venceu um câncer de Boa evolução com tratamento adequado (imagina o aparato médico que elles¹³ não pagam com nosso dinheiro).
Estímulo mais uma vez a idiotização da sociedade, com mais um VITIMISMO, COITADISMO, POBRISMO, ETC...ISMO.
Este é o PT e o "KIT PT" 2010 em vigência já há algum tempo. Os incrédulos irão ficar boquiabertos. Eu observo, quem sabe mais gente acorda!
"O maior castigo para quem não se interessa por política é ser governado por quem se interessa".

Nenhum comentário: