terça-feira, 5 de maio de 2009

Eros Grau renuncia ao cargo de ministro do TSE

O ministro Eros Grau renunciou nesta terça-feira ao cargo no TSE (Tribunal Superior Eleitoral). Grau comunicou sua decisão em carta encaminhada ao presidente do tribunal, Carlos Ayres Britto, mas não explicou os motivos do afastamento. Nos bastidores, ministros do TSE afirmam que Grau alegou motivos de cansaço para deixar o cargo.

Ele permanece como ministro do STF (Supremo Tribunal Federal) até o ano que vem, quando completa 70 anos e se aposenta. Grau deve ser substituído temporariamente no cargo pela ministra Carmen Lucia, do STF.

Além da ausência de Grau, o TSE também tem o desfalque do ministro Joaquim Barbosa --que se afastou do tribunal para realizar tratamento de saúde.

Barbosa foi substituído temporariamente pelo ministro Ricardo Lewandowski, do STF --que deve assumir em definitivo uma vaga no TSE com a renúncia de Grau. A expectativa é que Lewandowski seja efetivado no tribunal dia 18 de maio, quando está previsto o retorno de Barbosa às suas atividades.


Folha Online

Nenhum comentário: