quarta-feira, 20 de maio de 2009

Na China, Lula descarta 3º mandato e diz que Dilma está bem

PEQUIM - O presidente Luiz Inácio Lula da Silva reiterou que não se candidatará a um terceiro mandato, nesta quarta-feira, 20, na última etapa da viagem à China.

Lula ainda assinalou que a ministra-chefe da Casa Civil, e provável candidata do Governo à Presidência, Dilma Rousseff, se encontra em bom estado de saúde, depois de ter sido hospitalizada.

"Eu não discuto esta hipótese (...) Primeiro, porque não haverá um terceiro mandato, e segundo, porque ela está bem", respondeu Lula, antes de deixar Pequim, ao ser perguntado sobre o que aconteceria caso Dilma não pudesse ser confirmada como candidata.

O presidente informou que tinha conversado com Dilma às 9h (de Brasília) e que seu problema foi "uma reação à quimioterapia".

Lula disse ainda que os médicos que a atenderam lhe informaram que "não há motivo para preocupação".

A ministra-chefe da Casa Civil foi hospitalizada na madrugada desta terça-feira,19, com fortes dores nas pernas devido a uma miopatia (afecção muscular).

Última etapa da viagem

O presidente Lula partiu nesta quarta-feira rumo à Turquia, última etapa do giro que iniciou no final de semana passado na Arábia Saudita, informou a agência estatal China Nova.

No terceiro e último dia de sua visita à China, Lula visitou a Academia Chinesa de Tecnologia espacial, a qual leva adiante um programa sino-brasileiro de observação de satélites da Terra.

Ambos os países firmaram na terça-feira, 19, acordos que consolidam os intercâmbios comerciais, entre os quais um empréstimo de 10 bilhões de dólares da China à Petrobrás, que inclui a entrega de petróleo cru à Pequim.

Estadão

Nenhum comentário: