terça-feira, 23 de junho de 2009

Aposentados pedem reajuste e acampam em frente ao Congresso Nacional

Cerca de 520 aposentados protestam em frente ao Congresso Nacional exigindo a aprovação do Projeto de Lei 001 de 2007 que prevê o mesmo índice de reajuste do salário mínimo para aposentadorias e pensões, e a aprovação de proposta que acaba com o fator previdenciário, já aprovada no Senado e em trâmite na Câmara.

Os manifestantes de diversos Estados chegaram a Brasília na manhã hoje (23) e pretendem permanecer acampados no gramado da Esplanada dos Ministérios até que o projeto de lei seja aprovado. "Só iremos embora depois da aprovação do PL, ou pelo menos após ele ser colocado em pauta para votação", diz o presidente da Confederação Brasileira de Aposentados e Pensionistas (Copab), Warley Martins Gonçales.

O índice que reajusta aposentadorias e pensões é de 5%. Segundo o presidente da Copab, o presidente da Câmara dos Deputados, Michel Temer (PMDB-SP), teria prometido votar o projeto de equiparação com o sistema de reajuste do salário mínimo assim que medidas provisórias destrancassem a pauta .

"Tem duas semanas que abriu a janela para votação e nem na pauta a nossa [proposta] está. Estamos pedindo para que votem o PL como prometeram", diz Gonçales.

Os aposentados fincaram no gramado do Congresso Nacional 513 cartazes com as fotos de cada um dos deputados federais. Eles planejam acender velas perto das fotos parlamentares às 19h de hoje.

UOL

Nenhum comentário: