segunda-feira, 6 de julho de 2009

FATOS, FOTOS, FACTÓIDES




As fotos que seguem estão no El Heraldo.hn. Aliás, se o assunto é Honduras, golpe, Chávez etc, leiam essa página eletrônica. É objetiva e, bem, não está submetida à CNN: a Chávez News Network.

honduras-1-cristina-zelaya-descoto1

Acima, o bolivariano Rafael Correa, presidente do Equador (esq), e a miolo-mole Crstina Kirchner, presidente da Argentina (enxotada, na prática, por seu próprio povo nas eleições), acompanham Manuel Zelaya (à dir.) em entrevista, em Washington, pouco antes de o golpista deposto embarcar, ATENÇÃO!!!, num avião cedido por Hugo Chávez rumo a Tegucigalpa. À direta de Zelaya (não aparece nessa foto), estava o presidente da Assembléia Geral da ONU, o nicaragüense, sandinista e vizinho de trocadilhos Miguel D’Escoto. Fernando Lugo, pai de muitos paraguaios, também estava no grupo - tremei meninas da América Latina! A idéia era que todos fossem juntos no avião que transportava Zelaya - e esse “todos” inclui um repórter da TV oficial da Venezuela. Mais uma coisa: ELES SE REUNIRAM NA EMBAIXADA DO EQUADOR EM WASHINGTON.

Então ficamos assim: Cristina e o sandinista D’Escoto, na capital do país governado por Barack Hussein, reúnem-se em solo equatoriano (embaixada) para programar a volta de Zelaya num avião cedido por Hugo Chávez. Na última hora, as outras “otariodades” resolveram embarcar numa outra aeronava, mas acharam melhor ir para El Salvador. Só Zelaya iria para Tegucigalpa. Mas não deu. Também ele teve de rumar para San Salvador. O governo de Honduras proibiu o poso do aparelho em solo hondurenho. Ah, sim: o tal avião pertence ao braço da PDVSA nos EUA.

No avião, acreditem o chicaneiro Zelaya fez o seguinte discurso para ser exibido na televisão de Chávez: “Eu sou o comandante das Forças Armadas, eleito pelo povo, e peço às Forças Armadas para cumprirem a ordem para abrir o aeroporto a fim de que não haja qualquer problema para que eu pouse e abrace meu povo”, disse Zelaya de dentro do avião à venezuelana Telesur. “Hoje eu sinto que tenho força espiritual suficiente, abençoado com o sangue de Cristo, para poder chegar lá e erguer o crucifixo”. Como os militares não deram a menor bola, mandou ver: “Se eu tivesse um pára-quedas, eu saltaria”. É um covardão, né? Por que não saltou mesmo sem ele?

honduras-2-apoio-ao-governo

Os poderes constituídos, com base na Carta, não querem Zelaya de volta. E a maioria da população também não. Acima, milhares de pessoas se concentram perto da sede do governo, em Tegucigalpa, para rechaçar a volta do candidato a tiranete.

honduras-2-obama-ajude-nos

Esperançosos, alguns hondurenhos pediam a ajuda a Barack Hussein: “Obama, ajude-nos a defender nosssa Constituição e nossa liberdade. Não dê apoio a Chávez”. Inútil: agora ele é rival de Hugo Chávez na conquista do coração dos bolivarianos.

honduras-3-zelaya-no-vaso1

Isso quer dizer que todos querem Zelaya de volta, menos os hondurenhos, que acreditam, como se vê acima, que ele já realizou a sua obra. As manifestações de apoio se espalham pelo país.

honduras-7-san-pedro-sula

A foto acima é de uma grande manifestação em San Pedro Sula e se nota um detalhe interessante, destacado na foto abaixo:

honduras-8-chavez-news-network

Além dos onipresentes protestos contra Chávez, a CNN, que faz uma cobertura claramente hostil ao governo constitucionalista e simpática ao golpista Zelaya, é chamada de Chávez News Network. É justo.

honduras-9-choluteca-chavez-e-fidel

Em Choluteca, Chávez e Fidel são repudiados nas ruas. A pequena Honduras, quem diria?, está se acostumando mesmo à democracia e rechaça palhaços travestidos de amigos do povo. Ali está claro: “Não às ditaduras; sim à liberdade”

CORRECTION Honduras Coup

A idéia das Forças Armadas esmagando a resistência do povo é só má poesia. Como se nota, o garotinho não parece estar com muito medo dos soldados. Eles tampouco se mostram assustadores, e há, claro…

honduras-5-apoio-a-zelaya

…os apoiadores de Zelaya, liderados por sindicatos e grupos de esquerda. Eram meia-dúzia. O escarcéu mundial em defesa do golpista os animou. Até hoje, a crise não havia feito verter uma gota de sangue. Mas Barack Hussein, Hugo Chávez, Cristina Kirchner, Rafael Corrêa, Miguel Trocadalho D’Escoto, Daniel Ortega, Fernando Lugo, Luiz Inácio Lula da Silva e mais uma penca fizeram um esforço danado e…

honduras-dez-morte

Um homem morreu neste domingo (a foto acima é da AP). Ele Estava entre os apoiadores de Zelaya. O tiro teria partido do aeroporto de Toncontín, que estava ocupado pelas forças militares. Mas a informação, repetida mundo afora, tem sua origem na TV de Chávez. Trata-se de Obed Murillo, de 19 anos. A foto certamente estará estampada nos jornais do mundo inteiro. Os muitos milhares que estão na rua em defesa do governo constitucional devem ser ignorados. Afinal, estamos sob o império jornalístico da Chávez News Network.

honduras-6-invasao-nicaraguense

Os dirigentes da Alba, a união de países bolivarianos, ameaça Honduras com intervenção armada. O bandoleiro-chefe do grupo, Hugo Chávez, diz que espera a negociação (vale dizer: que se cumpra a sua vontade), mas, se ela não der certo… E cunhou uma de suas frases: “A nossa revolução (a bolivariana) é pacífica, mas é armada”. Acima, forças se segurança hondurenhas detêm nicaragüenses que tentam entrar em Honduras. O governo já identificou a presença de aliados de Daniel Ortega entre os promotores de distúrbios. Até quando Honduras vai resistir? Não sei.

honduras-11

O presidente interino, Roberto Micheletti (acima, no centro, ao lado de assessores), anunciou em cadeia de rádio e televisão a disposição para um diálogo com a OEA, que ontem suspendeu Honduras. O convite se fez por intermédio de uma carta assinada por Jorge Rivera, presidente da Corte Suprema do país, que designou representantes para dialogar com funcionários da OEA indicados pelo secretário-geral. O presidente deixou claro que a negociação, no entanto, não passa pela volta de Zelaya ao país.

Reitero: todos querem Zelaya de volta a Honduras. Menos eu, vocês e, PRINCIPALMENTE, O POVO HONDURENHO.

Por que Chávez, sua escória e outros dirigentes latino-americanos se preocupam tanto com a pequena Honduras? Eu tenho a resposta. Creio que vocês também. Fica para amanhã.


por Reinaldo Azevedo

Nenhum comentário: