sexta-feira, 3 de julho de 2009

Honduras: A OEA chega via FAB...


michelettirecibeinsulza
by noticias24

Do Coturno Noturno

Cerca de 160 mil hondurenhos acabam de receber o chavista Insulza, secretário-geral da OEA, em Tegucigalpa. O secretário, que antes viria com Cristina Kirchner, Rafael Corrêa, Michele Bachelet e uma comitiva a favor de Zelaya, chegou sozinho e foi levado diretamente para a Corte Suprema de Justiça, onde aprenderá o be-a-bá da democracia do país. Insulza chegou em avião da Força Aérea Brasileira, daqueles que, para atender enchentes e catástrofes dentro do país demoram uma semana, mas para servir a ditadores bolivarianos são enviados na hora.Atenção para os aplausos entusiasmados às Forças Armadas "golpistas" de Honduras.


por Coronel

6 comentários:

Leonardo Jones disse...

"Insulza chegou em avião da Força Aérea Brasileira, daqueles que, para atender enchentes e catástrofes dentro do país demoram uma semana, mas para servir a ditadores bolivarianos são enviados na hora."

Comentário extremamente infeliz e demonstra total falta de informação. A FAB nunca demorou uma semana para atender o povo brasileiro que necessitasse de ajuda onde quer que fosse, inclusive fora do brasil(existem casos na Bolívia, Uruguai, Argentina). E a aeronave deslocada para Honduras NÃO É nem de longe a mesma utilizada para casos de "enchentes e catástrofes", é outro modelo, com perfil completamente diferente e de outro esquadrão. Esquadrão especializado em transporte de autoridades, muito diferente dos esquadrões SAR e de transporte que auxiliam nosso povo quando precisam. Deus o livre de um dia precisar da ajuda da FAB, mas se um dia precisar, vai ver o quão equivocada foi essa colocação e vai ver que ninguem da FAB faz distinção de pessoas que precisam de ajuda, ninguem da FAB se importa se a pessoa é pobre, rica, se respeita a Força Aérea ou se é completamente ignorante quanto as capacidades da mesma.

Atenciosamente
Leonardo Jones

Stenio Guilherme Vernasque da Silva disse...

Amigo, vc não entendeu a colocação.
Eu sou da FAB!!!!!
Jamais denigriria nosso maior orgulho!
E se vc andar pelo blog terá certeza disso.
A questão, é quem desloca o que...
O Ministro da Defesa é civil, ss FFAA foram despolitizadas como os esquerdopatas queriam.
E aí usa-se nosso maior orgulho para este fim...
Isso sim é triste e concordo com o comentário, mas isento a FAB.

Leonardo J disse...

A Força Aérea, assim como o Exército e a Marinha, respondem ao Ministério da Defesa assim como em qualquer país do mundo. E o deslocamento de uma aeronave do GTE para esse assunto deveria ser motivo de orgulho, e não de revolta. Temos um caso de projeção mundial que é o golpe de Honduras, então nós temos o Secretário Geral da OEA que nada tem a ver com países Bolivarianos como citou, viajando para esse país em uma aeronave da Força Aérea Brasileira, aeronave essa fabricada no Brasil! Qual a obrigação que o Brasil tinha de levar o Secretário para lá? Nenhuma! Mas levamos e aparecemos muito bem na foto obrigado. Foi uma missão estratégica do ponto de vista de projeção brasileira, algo super importante para quem quer alcançar a posição que desejamos no mundo seja politicamente como militarmente com a END. Não tem nada de esquerda, direita, centro, ou o escambau.

Atenciosamente
Leonardo J.

Stenio Guilherme Vernasque da Silva disse...

Eu sei, mas
1º não houve golpe, mas sim vitimização em estes entes bolivarianos tem em cumprir normas e regras.
2ºNão temos motivo algum para gastar dinheiro para fazer passear o amigo do Chavez , da OEA.

Não adianta insistir os que tem "Síndrome do preso politico", não houve golpe.
Não entendo a dificuldade em respeitar a Constituição.Gostaria que o povo brasileiro se espelhasse no Hondurebho.
Não teríamos estes terroristas nos governando e rasgando a CF diariamnete.

Leonardo J. disse...

Vixe, comentário demasiadamente baseado em uma visão ideológica e política.

Tô fora da discussão por que alem de não concordar com tua visão do Governo Brasileiro, nem com tua visão do Golpe de Honduras, nem com tua visão sobre a OEA, e aparentemente nem com tua visão ideológica...logo isso aqui vai ser como discutir religião, não vai levar a lugar algum.

E esclarecendo, não sou de esquerda, nem de direita...considero esse tipo de distinção bem antiquada.

Atenciosamente;
Leonardo J

Stenio Guilherme Vernasque da Silva disse...

Vixe...
Se não for assim aí é falta de identidade ideológica.
Criar uma nova ideologia, até pode ser , mas a maioria vem dos oportunistas de plantão.
Antuiquada talvez para quem aprendeu as coisas de um modo mais "politicamente correto"...
A maioria cai nessa armadilha. O r3elativismo é um postura bem em cima do muro mesmo.
E isso sim eu abomino...