quarta-feira, 15 de julho de 2009

Instituto Millenium: Uma nova e salutar parceria!

Missão:

Promover a Democracia, a Economia de Mercado, o Estado de Direito e a Liberdade.

Visão:

Ser referência e agente de divulgação de valores para melhorar a prosperidade e o desenvolvimento humano.

Valores:

ESTADO DE DIREITO: compreendido como império da lei; cumprimento de regras; respeito ao sistema democrático; manutenção da separação de Poderes; garantia da estabilidade e clareza das regras; garantia da segurança jurídica; garantia da segurança física; previsibilidade das decisões políticas, administrativas e judiciais; cumprimento de contratos; punição dos infratores; respeito às liberdades e garantias individuais; respeito as minorias; despersonalização da atuação do Estado; regras impessoais, gerais e abstratas; redução do populismo e assistencialismo; garantia do devido processo legal e ampla defesa;

LIBERDADES INDIVIDUAIS: a defesa perene da liberdade de escolha, em todos os seus desdobramentos: liberdade de expressão; liberdade religiosa; liberdade econômica; liberdade de imprensa; liberdade de reunião e assembléia; liberdade de empreender; liberdade de ir e vir; liberdade de contratar; liberdade de pensamento; liberdade política; livre circulação de bens, pessoas e capital.

RESPONSABILIDADE INDIVIDUAL: responsabilidade sobre os atos e escolhas; recompensa pelos méritos; punição pelas infrações; desestímulo aos abusos; redução da impunidade; responsabilização dos indivíduos pelo próprio futuro; redução da dependência do governo; clareza sobre a relação entre direitos e deveres;

MERITOCRACIA: premiação ao esforço individual; recompensa a dedicação; estimulo ao trabalho; estimulo ao estudo; garantia do gozo dos frutos do trabalho; estimulo a cada pessoa a desenvolver suas melhores competências; criação de um ambiente propício para o desenvolvimento econômico e social; redução da acomodação; redução do nepotismo e apadrinhamento; aumento da produtividade geral da sociedade; aprimoramento dos serviços públicos; estimulo à competição;

PROPRIEDADE PRIVADA: respeito ao fruto do trabalho; garantia das diferenças; garantia da privacidade; garantia da liberdade de expressão, principalmente, da liberdade de imprensa; garantia dos direitos das minorias; peça-chave para a existência e manutenção do estado democrático de direito; estímulo à preservação e ao cuidado; estímulo ao uso racional e adequado da propriedade pelo proprietário, tornando-o responsável por eventuais abusos; inserção do individuo com propriedade legalizada na economia; possibilidade de utilização do bem como um ativo para obtenção de empréstimos e, conseqüentemente, como estimulo ao crescimento econômico; estimulo ao investimento em benfeitorias; estimulo ao investimento externo no Brasil; estimulo ao cumprimento de contratos e a redução dos custos de transação.

DEMOCRACIA REPRESENTATIVA: representa os interesses da maioria, respeitando as minorias; permite a tomada de decisões com responsabilidade e punição dos indivíduos por abusos (= a democracia direta não permite a punição dos indivíduos por abusos); legitima determinados indivíduos para agir em nome dos demais, sem populismos excessivos; impede a ditadura das massas ou o surgimento de regimes totalitários; preserva os direitos e garantias individuais; restringe as decisões impulsivas e irracionais.

TRANSPARÊNCIA: possibilidade de fiscalização pela sociedade civil e imprensa; estimulo ao trabalho correto dos agentes públicos; limitação e combate aos atos de corrupção; melhor gerência dos bens públicos; responsabilização das pessoas por desvios; contribuição dos partidos da oposição na fiscalização; restrição ao abuso de liberdades individuais; maior possibilidade de análise dos resultados dos governos; diminuição da perseguição política de desafetos do governo; democratização da responsabilidade pelo uso racional dos recursos públicos.

EFICIÊNCIA: uso racional dos recursos naturais, humanos e financeiros; estimulo à visão de longo prazo e à escolha do investimento adequado; restrição de abusos; obtenção de melhores resultados com menores gastos; melhores serviços para a população; melhor qualidade de vida; diminuição da carga tributária; uso racional e sustentável do meio-ambiente.

IGUALDADE PERANTE A LEI: Sistema legal impessoal e imparcial, em que todos os cidadãos são tratados com igualdade jurídica; vedação da discriminação legal; restrição a criação de privilégios para determinados grupos de interesse; diminuição da corrupção; vedação a racialização dos cidadãos; redução das práticas de favorecimento; diminuição da influência dos grupos de interesse; restrição ao surgimento de populistas; valorização do mérito individual; diminuição da impunidade dos poderosos; respeito dos agentes do Estado em relação aos cidadãos; impedimento de abusos de governos autoritários; preservação das liberdades individuais.


Instituto Milenium


Agradeço a honra de ter sido convidado a ser parceiro deste espaço importante, que é o Instituto Millenium.
Mais uma vez, meu muito obrigado!

Um comentário:

Instituto Millenium - Anita disse...

Caro amigo blogueiro e de luta!
Temos uma grande tarefa pela frente e devemos unir forças. Não somos tão poucos como pensamos, mas devemos nos descobrir e trocar idéias, melhorar nossas estratégias e convidar mais gente para esta luta. Mudar o Brasil não é qualquer coisa... e nem um passatempo ao qual nos dedicamos somente nas horas mais folgadas do dia. É algo em que estamos mergulhados e pensamos e sonhamos e nos mexemos para que isso aconteça!
Tenho certeza que nossos gritos não são em vão.
Obrigada pelas palavras no post acima! É uma honra estarmos juntos nessa!

Um grande abraço,