quarta-feira, 1 de julho de 2009

Notalatina e G.Salgueiro: Porta-vozes do Estado de Direito!


Depois de amanhã fará 1 ano que a Colômbia e o mundo assistiram estupefatos um dos maiores e mais espetaculares resgates de seqüestrados, somente comparável ao Resgate de Entebe. Neste, denominado “Operación Jaque”, as Forças de Segurança da Colômbia que envolviam militares e policiais, 15 seqüestrados (me recuso a chamá-los de “reféns”!) foram libertados de seu cativeiro em mãos dos terroristas das FARC, alguns com até quase 10 anos sem liberdade.

Na ocasião, em 3 de julho de 2008, o Notalatina fez uma ampla cobertura apresentando vários vídeos e documentos da espetacular operação, vindos de fontes oficiais do Ministério da Defesa da Colômbia. Vale a pena reler, porque é sempre bom avivar a memória, sobretudo quando certos fatos vão caindo no esquecimento pelo tempo decorrido. Ademais, aqui no Brasil – sempre insisto nisso – a imprensa só fala deste bando terrorista quando “eles” anunciam alguma libertação de vítimas, como a palhaçada divulgada em abril de que iam libertar o cabo Moncayo seqüestrado há 10 anos mas, como não é esta a intenção real dos terroristas, o caso “caiu no esquecimento” e a imprensa brasileira nunca mais tocou no assunto.

Apesar de não ser no dia exato do aniversário, quero prestar minha homenagem hoje aos gloriosos e abnegados Policiais e Militares colombianos, sobretudo àqueles que exercem suas funções da Divisão de Inteligência, pois os êxitos que o presidente Uribe vem alcançando na destruição das FARC devem-se de modo especial a estes anônimos e competentes soldados.


Não sei quem elaborou este vídeo intitulado: “Operación JAQUE. Um ano depois” que apresento hoje, mas sem dúvida é uma bela homenagem à brilhante ação a qual me junto.


"O resgate perfeito"

Hoje(30/6) o Discovery Channel vai apresentar às 9 da noite um documentário intitulado “O resgate perfeito”, bem diferente (pelo menos do que pude ver na propaganda) do exibido pelo History Channel mês passado, que deu espaço apenas para as FARC e seus representantes, como a embaixadora do bando cognominada Teodora Bolívar e o próprio apresentador do programa, o jornalista Holman Morris. Neste documentário do Discovery procurou-se analisar o resgate do ponto de vista dos governos da Colômbia e dos Estados Unidos, bem como dos que participaram da operação e dos resgatados. Não deixem de ver!

O assunto do momento é a deposição do presidente golpista Manuel Zelaya, mas já falei sobre isto no artigo Não houve “golpe de Estado” em Honduras. Volto a falar dos desdobramentos deste fato, sobretudo porque a mídia brasileira quase em sua totalidade está apoiando a difamação e condenação do novo governo legitimamente instalado. Os membros do Foro de São Paulo, a ONU, a OEA, Barak Obama e sua escudeira Hilary Clinton, Fidel e todos os movimentos comunistas do mundo estão defendendo a ilegalidade e “exigindo” a volta do golpista Zelaya. Só por isso, não dá para desconfiar que este sujeito é o criminoso da história? Bem, noutro dia eu volto a abordar este assunto mas hoje o Notalatina só quer mesmo homenagear os heróis anônimos das Forças de Segurança da Colômbia, onde tenho a honra de privar da amizade e da confiança de alguns deles. Fiquem com Deus e até a próxima!

Comentários: G. Salgueiro

NOTALATINA


Escolhi este texto, de G.Salgueiro, além da grande cobertura jornalística, uma homenagem a mais nova seguidora deste blog!

Sendo quem é, este espaço, nada mais faz que cumprir sua obrigação em exaltar a visita da representante da UNOAMERICA no Brasil

Um comentário:

Alternativa Brasil disse...

"Lula trata o Senado como se fosse um ministério dele"

A frase certeira do Senador Cristovam Buarque resume bem a forma desrespeitosa com que Lula vem interferindo nas questões internas do Congresso. Planalto faz de tudo para segurar Sarney no comando do Senado, mas cresce pressão pela renúncia.

http://www.alternativabrasil.org/