quarta-feira, 7 de outubro de 2009

Haddad: "ENEM sem licitação" - só pros cumpanheiros


O incompetente, arrogante e boçal Fernando Haddad, ministro da Educação, abriu o jogo depois do escândalo do roubo das provas do ENEM.

Defendeu ontem, abertamente, que o governo petista possa entregar o trabalho para algum companheiro, já que a escolha da empresa que realiza o Enem não seria mais feita por meio de licitação. "A provocação que nós levamos ao TCU [Tribunal de Contas da União] é que o Enem não pode ser licitado. Temos que contratar empresas de excelência para o exame", afirmou. Para a "roubada" do atual ENEM foi feita uma licitação e apareceu somente uma proposta.

Então qual é o problema em fazer licitação? Teria sido diferente sem concorrência? Mas não pára por aí, o imbecil ainda declarou:
"Quando começa a haver disputa pelo serviço, você pode correr o risco de alguém que formalmente consiga cumprir os requisitos do edital não ter condições de oferecer as garantias necessárias para a boa execução do contrato". A pergunta é muito simples para este aloprado: quem faz o edital não pode colocar as cláusulas de segurança?

Não seriam elas mais importantes do que qualquer outra? Então a companheirada co MEC não pode colocar as exigências que bem entender? E por que agora o ministro chama a Polícia Federal? Não poderia ter chamado antes? A grande verdade é que o deslumbrado Haddad, que
"caga e anda" para os reitores, professores e estudantes, aproveitou este escândalo para fazer o quê? Para culpar o TCU, para se unir na campanha violenta e virulenta que o governo Lula vem fazendo contra qualquer tipo de fiscalização. Mas o pior de tudo não é o roubo do ENEM. O pior de tudo é que roubaram a oposição no Brasil e levaram sei lá para onde.

....

A nova edição do ENEM, agora, será feita pela Fundação Cesgranrio, em parceria com o Cespe, ligado à Universidade de Brasília, por meio de contrato emergencial. O Cespe, segundo vasto noticiário da imprensa, é uma empresa envolvida com dezenas de fraudes em concursos públicos. Leia aqui. Convidamos os comentaristas a fazerem um levantamento sobre o histórico da Cespe em concursos e colocarem links nos comentários. Vamos ajudar os mais de 4 milhões de jovens brasileiros a não entrarem em outra fria. Por um ENEM limpo e sem fraudes.
..........................................................................................
A Cris manda este link sobre o Cespe. Mesmo com "convênio permanente com a Polícia Federal, para dar maior segurança ao processo de aplicação das provas e eliminar as possibilidades de fraudes", várias denúncias recaem sobre a empresa, nos últimos anos. Esta é de 2005.
...................................................................................................
Homem Americano e Filoxera, outros dois anônimos "adorados" pelo mundo petralha, colocaram no mínimo dez novos links sobre as denúncias existentes contra o Cespe, na área de comentários. O ENEM, definitivamente, continua sob suspeita. Dêem uma olhada nos links. E, mais tarde, vamos tentar colocar alguns para o post. É para contratar o Cespe que o ministro arrogante e boçal não quer mais fazer licitação?

Coronel

2 comentários:

Mauro Bartolomeu disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Mauro Bartolomeu disse...
Este comentário foi removido pelo autor.