sábado, 17 de outubro de 2009

Rio de Janeiro: A capital olímpica vivendo seus dias coitidianos de "Faixa de Gaza"


RIO - Dois policiais militares morreram neste sábado, 17, após a explosão de um helicóptero que foi atingido por tiros durante uma operação no morro dos macacos, na zona norte do Rio.

O veículo da Polícia Militar teve um pouso forçado numa quadra de futebol na Vila Olímpica do Sampaio nas proximidades do morro do Sampaio, na zona norte do Rio. De acordo com testemunhas, o veículo foi atingido por tiros de traficantes que desde a noite desta sexta, 16, travam intenso tiroteio na disputa pelos pontos de drogas no morro dos Macacos, em Vila Isabel, na zona norte do Rio.

Duas das pessoas que morreram foram encontradas dentro de um carro Peugeot em uma das ruas de acesso à favela. 120 homens da Polícia Militar realizam operação no local.

De acordo com a Secretaria de Segurança Pública estadual, outros quatro policiais ficaram feridos. Eles foram encaminhados ao pronto-socorro do Andaraí. Até às 12h10, não havia informações sobre o estado de saúde das vítimas.


Estadão


colaboração para a Folha Online

Traficantes incendiaram três ônibus no início da tarde deste sábado na avenida Suburbana com avenida dos Democráticos, na zona norte do Rio, em protesto contra a ação da polícia na região. Um quarto ônibus também foi incendiado em outra região da zona norte. Um confronto entre traficantes rivais de dois morros também deixou dois policiais mortos, com a explosão de um helicóptero que caiu após ser atingido por tiros.

A aeronave foi atingida quando sobrevoava a região entre o morro dos Macacos e morro São João, na Vila Isabel (zona norte do Rio). Inicialmente, a PM havia dito que a aeronave fez apenas um pouso forçado em um campo de futebol, mas segundo a SSP, o helicóptero caiu e explodiu quando tentava pousar.

Os feridos foram encaminhados ao Hospital da Polícia Militar. Não há informações sobre o estado de saúde das vítimas.

Um tiroteio assusta os moradores da região desde da madrugada de hoje, quando traficantes do morro São João tentaram invadir o morro dos Macacos para disputar os pontos de venda de drogas no local, de acordo com a PM.

Mais cedo, os moradores fizeram barricadas e colocaram fogo em pneus para impedir a entrada de policiais.

Policiais foram chamados por moradores, que disseram que havia dois corpos dentro da favela. No entanto, a polícia ainda não encontrou nenhum corpo.

Nenhum comentário: