sábado, 7 de novembro de 2009

Aulas de Democracia


Todo o ministério e alto escalão de Roberto Micheletti renunciou para que assumisse um governo de coalizão. Já Manuel Zelaya, que exigia ser restituído ao cargo quando não havia nenhuma garantia para esta demanda no acordo assinado por ele, não nomeou os seus representantes. Simplesmente não honrou a palavra empenhada. A vida continua em Honduras. A vida democrática. Ao lado, no selo, a contagem regressiva para as eleições, às 17:39. À Zelaya só resta ficar hospedado no Hotel Brasil, tendo o desconforto de olhar a fotografia do Lula na parede, 24 horas por dia. Merece.



Coronel

Nenhum comentário: