sábado, 21 de novembro de 2009

Morre em São Paulo o ex-prefeito Celso Pitta

SÃO PAULO - Faleceu, aos 63 anos, no final da noite de sexta-feira, 20, o ex-prefeito de São Paulo Celso Pitta. O ex-prefeito vinha lutando contra um câncer e estava internado no Hospital Sírio-Libanês, na capital paulista. O velório ocorre a partir das 10 horas na Assembleia Legislativa de São Paulo.

Veja também:

especialA vida e os encândalos de Celso Pitta

lista Leia todas as notícias sobre Celso Pitta

O estado de saúde de Pitta se agravou muito nos últimos dias e o quadro já estava irreversível. No dia 24 de janeiro, o ex-prefeito passou por uma cirurgia no mesmo hospital para retirada de um tumor no intestino. A esposa de Pitta, Rony Golabeck passou a madrugada no hospital e só deve falar com a imprensa a partir das 9 horas.

Celso Pitta esteve à frente da Prefeitura de São Paulo de janeiro de 1997 e dezembro de 2000. O mandato foi marcado por suspeitas de corrupção, com denúncias surgindo em março de 2000, principalmente por parte de sua ex-esposa, Nicéia Camargo. As denuncias envolviam vereadores, subsecretários e secretários - entre as denúncias, está o escândalo dos precatórios.

A assessoria de imprensa do Hospital Sírio-Libanês, a pedido da família de Pitta, afirmou que só poderá passar qualquer informação a partir das 9 horas, horário em que a esposa do ex-prefeito prometeu falar com a imprensa no hospital.



Estadão

Nenhum comentário: