quarta-feira, 2 de dezembro de 2009

Casal Hernandes é condenado pela Justiça de São Paulo

SÃO PAULO - O juiz Fausto Martin de Sanctis, da 6ª Vara Criminal Federal de São Paulo, condenou o casal Sonia e Estevam Hernandes, fundadores da Igreja Renascer, a quatro anos de prisão pelo crime de evasão de divisas. O casal poderá recorrer da decisão em liberdade.

A prisão dos réus foi substituída pela pena de prestação de serviços a entidades filantrópicas e interdição temporária de direitos (proibição de frequentar determinados lugares como lotéricas, casas de jogos etc).

Os fundadores da Renascer são acusados de terem ocultado bens de origem supostamente ilícita. No dia 8 de janeiro de 2007, eles foram presos em flagrante pela polícia americana com US$ 56,4 mil escondidos em uma bíblia. Sônia e Estevam Hernandes cumpriram pena na Flórida, nos Estados Unidos.

A assessoria de imprensa da Igreja Renascer informou que divulgará ainda nesta quarta-feira uma nota sobre a decisão.


Estadão

Nenhum comentário: