quarta-feira, 3 de fevereiro de 2010

Fim de um dia triste... (ou desculpem meu desabafo...)


Saudade é solidão acompanhada,
é quando o amor ainda não foi embora,
mas o amado já...

Saudade é amar um passado que ainda não passou,
é recusar um presente que nos machuca,
é não ver o futuro que nos convida...

Saudade é sentir que existe o que não existe mais...
Saudade é o inferno dos que perderam,
é a dor dos que ficaram para trás,
é o gosto de morte na boca dos que continuam...

Só uma pessoa no mundo deseja sentir saudade:
aquela que nunca amou.
E esse é o maior dos sofrimentos:
não ter por quem sentir saudades,
passar pela vida e não viver.
O maior dos sofrimentos é nunca ter sofrido.



Pablo Neruda

Um comentário:

PoPa disse...

Quando um amigo tem um dia triste, entristece o nosso também. Mas, como tudo na vida, um dia supera o outro e a tristeza acaba se transformando em saudade, em compreensão e até em alegria, nas recordações dos tempos que passaram, mas que continuam em nossa memória.