quinta-feira, 25 de fevereiro de 2010

O pedido de socorro foi negado

As imagens mostram um presidente que gostaria de ser Fidel se não fosse Lula, um ministro que gostaria de ser Fidel, um caçula que gostaria de ser o primogênito e um Fidel contente por ser Fidel. Um cubano parece satisfeito. O outro, um tanto entediado. Um brasileiro está deslumbrado. O outro, em êxtase.

Lula fotografa o grupo com o entusiasmo de turista japonês no Louvre. Franklin Martins abraça o santo de sua devoção com cara de quem viu Nossa Senhora. Raúl Castro apalpa o irmão para certificar-se de que não está tão mal para deixá-lo só nem tão bem para querer o trono de volta. Fidel Castro está com jeito de quem pensa numa cama.

Há três dias, 42 presos políticos pediram a Lula que aproveitasse as conversas com os capatazes da ilha para tentar livrá-los do calvário. As fotos avisam que não serão atendidos. Os sorrisos informam que o pedido de socorro foi negado.



Augusto Nunes

Nenhum comentário: