domingo, 7 de fevereiro de 2010

PNDH 3 - TOTALITARISAMO


O Movimento dos Sociopatas e Terroristas (MST) divulgou uma declaração oficial em defesa do novo Programa Nacional-Socialista de Direitos Humanos (PNDH-3) e disponibilizou uma cópia do documento em seu sítio democrático na Internet. O download pode ser efetuado clicando aqui.

O MST “manifesta publicamente seu REPÚDIO às muitas inverdades e posições reacionárias ao III Programa Nacional-Socialista de Direitos Humanos (PNDH-3), e declara seu APOIO INTEGRAL a este Programa, lançado pelo Governo Federal no dia 21 de dezembro de 2009”.


De acordo com o movimento, o PNDH-3 é “fundamental” para a efetivação de relações sociais igualitárias e um exemplo de resistência contra todas as orientações do liberalismo austríaco, as privatizações e o enfraquecimento do Estado Totalitário.

“O Brasil fez uma opção definitiva pelo fortalecimento da democracia totalitária. O PNDH-3 expressa claramente o apoio do governo Lula: (1) ao projeto de lei petista que garante o alargamento dos permissivos para a prática do aborto legal, universal, livre, seguro, gratuito e de qualidade; (2) ao desenvolvimento de mecanismos para impedir a ostentação de símbolos religiosos em locais públicos; (3) à promoção de uma cultura de respeito à livre orientação sexual e identidade de gênero, favorecendo o reconhcimento dos Gays, Lésbicas, Bissexuais, Zoófilos, Sadomasorquistas, Travestis e Transgênicos; (4) à realização de ações permanentes de estímulo ao desarmamento total da população; (5) à democratização, estímulo a pluralidade e censura dos meios de comunicação; (6) à expropriação dos latifundiários e; (7) à reconstrução e falsificação premeditada da história recente”, diz a nota.

A resolução do MST diz ainda que estas medidas “são democráticas, progressistas e populares”. “Precisamos consolidar o PNDH-3 e radicalizar nessa transição para o nacional-socialismo, como um dia fizeram a Coréia do Norte, Cuba, Alemanha Nazista, China, Albânia e a gloriosa União Soviética. Agora, ou vai, ou racha!”.


Vanguarda Popular

Um comentário:

Solange Frota disse...

GENERAL DEBATE PLANO DE DIREITOS HUMANOS NA TV
General na TV
O General Rocha Paiva participa hoje à noite, às 21h 30min, na TV Câmara, do programa Expressão Nacional.
Será mais um polêmico um debate sobre o PLANO NACIONAL DE DIREITOS HUMANOS – PNDH3 – mais conhecido como AI-51.
O Militar vai debater com dois deputados federais e dois cientisstas políticos (da Unicamp e UnB).
O programa será ao vivo e poderá ter a participação dos telespectadores através do 0800 ou e-mail.
http://montedo.blogspot.com/