domingo, 14 de março de 2010

A Armação de Lula e Cabral



O bebaço e chorão Sérgio Cabral(PMDB-RJ) está armando um verdadeiro circo com a nova lei de distribuição dos royaties do petróleo, cuja a responsabilidade é de Lula e Dilma Rousseff. Foi tanto dinheiro prometido com o pré-sal que, com toda a justiça, os estados brasileiros quiseram receber de forma igual os resultados de tamanha riqueza. Com isso, o Rio de Janeiro, grande beneficiado pela legislação anterior, perdeu grande parte da receita. Agora o governador Cabral cria até ponto facultativo para realizar um ato público, na Candelária, para protestar. Uma atitude inútil, politiqueira, prejudicial aos cofres públicos, sem nenhuma repercussão em Goiás ou Pará, que tem o mesmo número de senadores. Deveria fazer uma manifestação contra Lula e Dilma, não contra o Senado da República. Mas o objetivo é outro. É apelar para a sensibilidade da candidata e do presidente, pois está tudo acertado: Lula vai vetar o projeto e sair carregado nos ombros pelos cariocas, como o santo protetor das olimpíadas, da Copa do Mundo e dos interesses do Eike Batista. O porre do governador, como sempre, será homérico. Só mesmo o Rio de Janeiro, com as suas diferenças, para aturar uma das coisas mais chatas que existem: um bêbado chorão.


COTURNO NOTURNO

Nenhum comentário: