sexta-feira, 19 de março de 2010

Paulo Maluf e seu filho são incluídos em lista de procurados da Interpol


O ex-prefeito, ex-governador e deputado federal Paulo Maluf (PP-SP) é citado pela Interpol – agência internacional de polícia presente em 181 países – em sua lista de procurados. Tanto Maluf quanto seu filho, o empresário Flávio Maluf, aparecem no site da instituição integrando a “difusão vermelha”, nível máximo de alerta da Interpol, sendo procurados por fraude e roubo. Em março de 2007, a Justiça de Nova York emitiu pedido de prisão de Maluf e de seu filho sob a acusação de envio de recursos desviados da prefeitura de São Paulo a bancos dos Estados Unidos. O ex-governador diz ser inocente.

De acordo com o site Última Instância, a defesa de Maluf afirma que tentará anular a medida da Interpol, que considera uma ofensa ao Congresso brasileiro. Maluf e seu filho não correm riscos de prisão se permanecerem no Brasil, pois a Constituição Federal impede a extradição de brasileiros natos a outro país.



UOL

Nenhum comentário: