segunda-feira, 31 de maio de 2010

Ainda sobre a FARSA HUMANITÁRIA ao Hammas

Do Blog DOIS EM CENA

Por Cristina Froes

Que estranho!

A tentativa de romper o bloqueio imposto à Faixa de Gaza, teve o apoio da Turquia.
Diz-se, inclusive que havia turcos na frota. Não é estranho que isso aconteça após o acordo entre Irã, Brasil e Turquia ter provocado indignação internacional, principalmente por parte dos EUA? E quem foi que falou que Israel deveria desaparecer do mapa? Não foi Ahmadinejad que está indignado com as sanções que possivelmente deverão ser aplicadas ao seu país? E além disso, este lamentável episódio acontece na véspera do encontro, em Washington, entre Obama e o primeiro-ministro israelense, Benjamin Netanyahu.Muito estranho, não? Para mim, mais claro impossível! Foi uma provocação da Turquia a mando do Irã para desviar a atenção do mundo das intenções bélicas de Ahmadinejad.

Nos jornais pouco se fala dos motivos que levaram o exército israelense ter "atacado" a frota. Eles tinham como missão averiguar a embarcação- que invadia águas israelenses sem aviso prévio - e foram recebidos com porretadas e ataques com facas, principalmente por parte de turcos.Por milagre, o G1 afirma que "a televisão turca mostrou um vídeo que aparentemente mostra um comando israelense descendo em um corda e entrando em confronto com um homem carregando um porrete e que a TV israelense mostrou imagens em que um ativista parece tentar esfaquear um soldado".
Enfim...como se trata de Israel, o mundo inteiro se levanta contra este país, com acusações exacerbadas. Mas se uma ação destas tivesse sido feita por parte do Hamas - que aliás, ataca diariamente os israelenses - daí nada se falaria a respeito. Ahmadinejad e seu círculo mais próximo (e a Turquia, é claro!) não evitam confrontar o Ocidente, já que eles consideram que essa luta é uma das maneiras de preparar o terreno para o retorno do Mahdi, o messias da corrente xiita do Islamismo, pois, segundo esta corrente, o tal "messias" só virá após um grande confronto mundial. Muitos ocidentais desconhecem o papel da religião na política moderna. Entretanto, a crença na figura messiânica do islamismo, denominada o Mahdi ou o Imã Oculto, é que dirige as políticas do presidente iraniano. Os xiitas crêem que o Mahdi voltará, governará sobre um sistema único na terra e derramará o julgamento sobre todos os não-muçulmanos. E qual seria a forma de causar um confronto com o mundo ocidental? Provocando os EUA com ataques à Israel.

Um dos pacifistas da frota


via facebook

Junto com esses navios com ajuda humanitária sempre, de brinde, carregam armas. É isso que Israel tenta impedir com as inspeções. O contrabando de armas. Isso é verdade, pois o ataque a tiros partiu do navio, primeiramente. Outra coisa importante que ainda não li nos jornais brasileiros e que me contam via facebook ( de uma conhecida que mora em Israel): 7 soldados israelenses estão feridos sendo que dois estão em estado grave.

2 comentários:

A Língua! disse...

Olha meu Amigo e Caríssimos Leitores, se analisarmos bem o livro do Apocalipse, as professias de Maria que são as mensagens de Deus trazidas por ela aos bem-aventurados de coração e consciência, esses falsos messias ainda mais esse tal oculto imã oculto e por ser oculto isso me lembra satanás ou o filho da besta, o falso messias que também os judeus esperam e que o próprio Cristo já alertou que esse falso messias enganará à muita gente, e em ambos os cassos dos dois falsos messias ambos são ditos que virão após um grande conflito mundial, então quem podemos esperar senão o filho da besta?

Depois que todos louvarem a imundice, aparecerá Deus, aquele que escolheu os judeus cujos renegaram parte da verdade deixada por Ele através de Seu Filho Jesus Cristo, então os arrendimentos soarão como gritos de desespero.

A Língua!

Stenio Guilherme Vernasque da Silva disse...

Falso Profeta...
Cuidado amigo...
Quem disse que Cristo também não é falso profeta.
Cada cultura acredita em suas origens religiosas.
Sejam Judeus, muçulmanos, ou Cristãos.
Todo "crente" (que crê em algo) de forma exagerada, acaba por cometer este grande erro que é ser "Os donos da Verdade"!
Quem disse que o Cristianismo está com a verdade??? Quem disse que Cristo é realmente o que dizem que é????
Escrituras, sejam elas Cristãs, Judaicas ou Muçulmanas, são só escrituras e seu valor é restrito a quem crê e tem fé nelas.
Então cada um com a sua "verdade".
Muito fácil, então, escolher "adversários" satanizá-los e chamá-los de falsos.
Exemplo: Para mim a Bíblia não faz o menor sentido. E Cristo é apenas uma figura Histórica, tal como Moisés ou Maomé.
Cada um com sua crença. Stanizar o "outro lado" é muito simplista.