segunda-feira, 31 de maio de 2010

A Ajuda Humanitária Terrorista






"Apesar de os meios de comunicação apresentarem a frota como uma missão humanitária para entregar ajuda a Gaza, os barcos não tinham nada de humanitário", disse o israelense Daniel Carmon. "Não eram ativistas pacíficos nem mensageiros de boa vontade. Utilizaram cinicamente uma plataforma humanitária para enviar uma mensagem de ódio e implementar a violência"



Daniel Carmon - vice-embaixador de Israel na Organização das Nações Unidas (ONU)

Nenhum comentário: