quinta-feira, 22 de julho de 2010

Lula ligou para Chávez e Uribe


O assessor da Presidência para Assuntos Internacionais, Marco Aurélio Garcia, lamentou nesta quinta-feira (22) a decisão da Venezuela de romper relações diplomáticas com a Colômbia. Segundo Garcia, o Brasil vai negociar com os dois países uma solução para o impasse. Garcia afirmou, sem dar detalhes, que o presidente Luiz Inácio Lula da Silva telefonou aos presidentes da Venezuela, Hugo Chávez, e da Colômbia, Álvaro Uribe, para tratar da questão.

“Eu acho que é lamentável isso, mas temos a convicção que com o estabelecimento do novo governo essas coisas lá possam se recompor imediatamente. O Brasil está ajudando e vai continuar ajudando, através de conversas com as partes”, disse.

Nesta quinta, Chávez anunciou que a Venezuela rompeu relações com a vizinha Colômbia. Segundo o presidente venezuelano, o motivo foi o fato de a Colômbia ter solicitado na OEA (Organização dos Estados Americanos), a formação de uma comissão internacional para verificar a suposta presença de guerrilheiros colombianos em território da Venezuela.

Para Marco Aurélio Garcia, com a posse, em agosto, do novo presidente colombiano, Juan Manuel Santos, a relação entre os dois países deve melhorar. "Nós temos uma boa percepção de que há disposição dos dois governos num futuro próximo, talvez depois da posse do presidente Santos, de que isso venha a ser resolvido", disse.

"Acho que é há uma tensão que há muito tempo está criada na região. O Brasil tem procurado em várias ocasiões e, com êxito em outros momentos, reduzir essa tensão. Talvez seja a ocasião agora com o começo do governo santos a possibilidade que nós tenhamos um clima de aproximação mais consistente", afirmou Garcia.


G1

Nenhum comentário: