quinta-feira, 25 de novembro de 2010

Antônio Palocci será o novo ministro da Casa Civil


O Estado de S.Paulo

O deputado Antonio Palocci Filho (PT-SP) será o novo ministro da Casa Civil. Ele foi convidado nesta quarta-feira, 24, pela presidente eleita, Dilma Rousseff, que comandou a pasta de junho de 2005 a março deste ano. Ex-ministro da Fazenda, Palocci preferia assumir um ministério de menor visibilidade, como a Secretaria Geral da Presidência, mas foi convencido por Dilma e pelo presidente Luiz Inácio Lula da Silva a aceitar a missão.


Embora a Casa Civil vá perder funções executivas, como a gerência do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC) e a gerência dos programas sociais para o Planejamento, a pasta é emblemática por ter protagonizado uma sucessão de crises, desde o escândalo do mensalão, em 2005.

O ministro do Planejamento, Paulo Bernardo, é cogitado para assumir a Previdência. Questionado hoje se aceitaria o cargo no novo governo, Bernardo apenas sorriu após deixar o Ministério da Fazenda, onde participou da reunião do Conselho Monetário Nacional. Gilberto Carvalho deve assumir a Secretaria Geral da Presidência. O esboço formulado pela presidente eleita - que ainda pode sofrer modificações - mantém a pasta de Relações Institucionais sob o comando do ministro Alexandre Padilha.

Nenhum comentário: